fbpx

11 Empresas listadas na B3 ligadas a commodities que vale conhecer

Empresas listadas na B3 ligadas a commodities que vale conhecer

O mercado de ações da bolsa de valores reúne empresas listadas de diferentes setores. Assim, é possível ter exposição aos que você considera mais próximos dos seus interesses. Uma das possibilidades nesse sentido é investir em commodities.

Ao avaliar as alternativas da B3, a bolsa brasileira, você encontrará empreendimentos que atuam em ramos distintos desse mercado. Então vale a pena conhecer algumas das principais companhias de capital aberto do segmento de commodities.

Na sequência, descubra 11 empresas listadas na bolsa brasileira que estão relacionadas ao segmento de commodities!

O que são commodities?

As commodities são produtos não industrializados, com baixo nível de transformação e que costumam servir como matérias-primas para processos produtivos. Com isso, elas são produtos essenciais tanto para a economia nacional quanto para o cenário econômico externo.

Entre as características desses produtos, estão:
Produção em larga escala;

Não diferenciação de marca;

Facilidade de armazenamento;

Procura internacional pelos produtos.

Quais são as principais commodities brasileiras?

Agora que você sabe o que são commodities, é interessante entender que o Brasil é um produtor relevante delas. Entre os destaques, estão as commodities agrícolas — que envolvem produtos agropecuários. Commodities minerais também se destacam no país.

Entre as principais commodities brasileiras, estão:
Soja;

Petróleo;

Milho;

Minério de ferro;

Celulose;

Açúcar;

Carne bovina;

Café e outros.

11 Empresas listadas na B3 ligadas a commodities para conhecer

Como o Brasil é um dos grandes produtores de commodities, a bolsa brasileira tem diversas empresas listadas que são ligadas a esse setor. Portanto, você pode considerar a listagem de companhias por segmento e escolher aquelas que se relacionam ao mercado de commodities.

Na sequência, você conhecerá 11 dessas companhias e como elas se destacam. Porém, note que não se trata de análise ou recomendação de investimento. As informações têm caráter apenas educacional e cabe a você avaliar se as alternativas combinam com suas preferências.

Confira 11 ações brasileiras de empreendimentos que são ligados ao segmento de commodities!

1. Petrobras

A Petrobras é uma empresa estatal de capital misto que existe desde 1953. Ela é responsável pela extração e pelo refino de produtos ligados ao petróleo, como o gás natural, o óleo diesel e outras opções. Essa empresa negocia tanto ações ordinárias (PETR3) quanto ações preferenciais (PETR4).

2. Vale

A Vale está voltada para o setor de mineração e existe desde 1942. Essa companhia de capital aberto foca na extração e comercialização de minério de ferro e de pelotas, bem como na venda de níquel. Ela negocia apenas ações ordinárias (VALE3) no mercado brasileiro.

3. SLC Agrícola

A fundação da SLC Agrícola aconteceu em 1977 e a empresa tem foco na produção de commodities agrícolas. Parte do Grupo SLC, ela tem fazendas com foco na produção de algodão, milho, soja, sementes e bovinos. O negócio disponibiliza somente ações ordinárias na B3, pelo ticker SLCE3.

4. São Martinho

A São Martinho é mais uma entre as empresas listadas na bolsa brasileira ligadas às commodities. Ela foi fundada na década de 1910. A companhia tem usinas responsáveis pela produção de açúcar e etanol, bem como seus subprodutos. Suas ações ordinárias têm o ticker SMTO3.

5. Gerdau

No ramo siderúrgico, a Gerdau foi criada em 1901 e aparece entre as empresas ligadas ao segmento de commodities. Isso acontece porque, além dos produtos de aço, o empreendimento comercializa minério de ferro. A Gerdau tem ações ordinárias (GGBR3) e preferenciais (GGBR4).

6. Klabin

A Klabin é uma empresa ligada à produção e exportação de celulose, mas também de produtos já acabados. Ela foi criada em 1899 e atua com a exportação, consolidando sua atuação no segmento de commodities. A companhia negocia ações ordinárias (KLBN3) e preferenciais (KLBN4) na B3.

7. JBS

Fundada em 1953, a JBS atua no setor alimentício, com foco em proteína animal. Os principais produtos dela incluem carne bovina, suína, de frango e de ovinos. Na bolsa brasileira, a JBS comercializa apenas ações ordinárias (JBSS3).

8. Boa Safra Sementes

A Boa Safra Sementes é voltada para a comercialização de sementes de soja. Ela foi criada em 2009 e atende uma parcela dos estados brasileiros produtores do grão. A empresa negocia apenas ações ordinárias (SOJA3) na B3.

9. Camil

A Camil foi criada em 1963 e faz parte das empresas listadas na bolsa que são produtoras de commodities agrícolas. Ela é responsável pela comercialização de grãos — como arroz e feijão. O negócio oferece aos investidores apenas ações ordinárias (CAML3) na bolsa.

10. Companhia Brasileira de Alumínio

A Companhia Brasileira de Alumínio foi criada em 1955 e foca na produção e comercialização de alumínio, mediante mineração de bauxita e aplicação de processos iniciais de transformação. O empreendimento negocia somente ações ordinárias (CBAV3) na bolsa brasileira.

11. Minerva Foods

Criada em 1957, a Minerva Foods é especializada na comercialização de carne e seus derivados, bem como na exportação de gado. As ações dessa empresa negociadas na bolsa de valores B3 são apenas as ordinárias (BEEF3).

Como ter acesso a essas empresas ligadas a commodities?

Agora que você conhece quais são as principais empresas de commodities da bolsa de valores brasileira, vale saber como investir nelas, caso seja do seu interesse. O primeiro ponto envolve considerar seu perfil de investidor e seus objetivos financeiros para saber se o investimento está alinhado a eles.

É essencial que você esteja disposto a assumir os riscos da renda variável. Além disso, é válido avaliar se você tem objetivos de longo prazo na bolsa. Esse período ajuda a diluir riscos e trazer maturação do investimento.

Depois de se certificar de que faz sentido investir em empresas listadas na bolsa ligadas a commodities, é necessário abrir sua conta em uma corretora de valores. Por meio dela, você poderá acessar a bolsa via home broker e emitir as ordens de compra desejadas.

É possível participar diretamente dessas empresas pelo investimento em ações. Além disso, há a possibilidade de ter exposição indireta ao investir em fundos de investimento que tenham esses ativos no portfólio.

Independentemente da escolha, é preciso fazer uma análise fundamentalista. Avalie com cuidado as informações das empresas listadas para tirar conclusões quanto ao risco e ao potencial delas. Desse modo, você pode fazer escolhas mais conscientes.

Neste artigo, você conferiu 11 empresas listadas na B3 que estão relacionadas às commodities. A partir desse conhecimento, é possível começar a avaliar as alternativas desse setor e escolher as ações mais adequadas para a sua carteira, considerando os seus objetivos e preferências.

Gostou de conhecer essas companhias? Se precisar de ajuda para saber mais sobre o mercado financeiro e as possibilidades que ele oferece, fale conosco da Manchester Investimentos!

Baixe agora o seu ebook
Abra sua conta agora
Cadastre-se em nossa Newsletter Semanal

Posts relacionados

Previdência Privada, DI, CDI, Tributação, Fundos de Investimentos, PGBL, VGBL, Plano Gerador de Benefício Livre, Vida Gerador de Benefício Livre, Regressiva e Progressiva, IR
Invista com a melhor escolha para os seus investimentos.