Abra ou transfira sua conta. Comece preenchendo os dados a seguir.
Leva poucos minutos.

Blog

Conheça 8 ações agro disponíveis na bolsa de valores!

O investimento em ações pode ser uma forma de participar de segmentos específicos da economia. Por meio da aquisição de papéis de companhias de um setor, você expõe seu capital aos resultados dele. Nesse sentido, uma das possibilidades envolve a compra de ações agro.

Porém, antes de compor sua carteira de ações é preciso conhecer as perspectivas, as vantagens e os riscos do mercado de agronegócio. A partir disso, você pode considerar diferentes papéis que estão disponíveis relacionados a essa atividade.

Na sequência, saiba mais sobre o setor e conheça 8 das ações de agro da B3, a bolsa de valores brasileira!

O que são as ações agro?

As ações agro são os ativos financeiros negociados na bolsa brasileira que permitem aos investidores participar de empresas do agronegócio. Portanto, é uma classificação que reúne papéis de diferentes segmentos, mas que estão relacionadas ao mercado nacional do agronegócio.

Entre as oportunidades estão desde companhias de máquinas e equipamentos agrícolas até grandes exportadoras de carne e outros produtos.

Qual é a situação do setor de agro no Brasil?

Um dos motivos para buscar ações agro é o impacto que o mercado tem na economia brasileira. De janeiro a junho de 2021, em relação ao mesmo período em 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) do agro cresceu 9,81%.

O ramo de maior avanço foi o agrícola, com aumento de 14,46% — o que equivale a R$ 236 bilhões. Os dados são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil.

Além disso, a expectativa é que, em 2021, o setor de agronegócio responda por 30% das riquezas geradas no Brasil. Essas informações não são garantia de lucros para os investidores, mas o setor pode atrair diversas pessoas que tenham interesse na área.

Quais são as vantagens e riscos do agro?

Como você viu, o agronegócio tem muita importância na economia brasileira. Como a tendência é que o segmento mantenha e até amplie sua relevância, ele pode ser vantajoso para investidores que desejam participar do setor.

As ações agro também têm como vantagem o fato de o mercado ser bastante diversificado. Investir em agro não significa apenas focar na agropecuária, pois existe toda uma cadeia de valor atrelada a ele — como máquinas e insumos agrícolas variados.

Assim, investir nessas ações pode auxiliar na diversificação de investimentos da sua carteira. Desse modo, você pode evitar a concentração de recursos e pode favorecer o alcance de resultados no seu portfólio.

Outro ponto importante é que o agro brasileiro tende a se beneficiar da variação cambial. Uma alta do dólar, por exemplo, pode elevar os lucros e gerar mais dividendos. Embora esse aumento afete seus gastos, essa exposição pode ajudar a controlar perdas.

Em relação aos riscos, é preciso ter atenção com questões que podem interferir no desempenho do setor. Problemas climáticos, disputas geopolíticas e medidas protecionistas nos mercados internacionais podem afetar a consolidação de desempenho.

Além disso, ao investir em ações é indispensável ter em mente que a volatilidade e os riscos são maiores. Logo, você precisa lidar com as chances de perda causadas pelas oscilações de preços na bolsa de valores.

8 Ações de empresas relacionadas ao agronegócio

Se você estiver ciente dos riscos e potencialidades das ações agro e quiser investir no setor, é interessante conhecer as alternativas disponíveis. A seguir, veremos algumas ações. Porém, essa não é uma recomendação de investimento — trata-se de mera apresentação das possibilidades.

Para decidir se vale a pena investir, você deve realizar uma análise fundamentalista e considerar seu perfil de investidor e seus objetivos. Assim, é possível escolher o que faz sentido para a sua estratégia.

Com isso em mente, conheça 8 das ações de empresas do agronegócio na bolsa!

1. JBS

A JBS S.A é uma multinacional que atua no setor alimentício. Criada em 1953, é responsável, principalmente, pela produção e exportação de carne bovina e suína e de aves e ovinos. Na B3, as ações JBSS3 ocupam a classificação de Consumo Não Cíclico, no segmento alimentício.

2. Marfrig

A Marfrig também atua no setor alimentício, tendo sido fundada em 2000. Sua atividade principal envolve a produção e venda de alimentos baseados em proteína animal (bovina, suína, avícola e ovina).

Na bolsa de valores brasileira, suas ações fazem parte do segmento alimentício do Consumo Não Cíclico e têm ticker MRFG3.

3. SLC Agrícola

A SLC Agrícola está entre as produtoras de commodities agrícolas, com foco em algodão, milho e soja. Ela existe desde 1977 e foi criada pelo Grupo SLC. As ações dessa empresa são negociadas com o ticker SLCE3 no segmento de agricultura do Consumo Não Cíclico.

4. Brasil Agro

Voltada para o desenvolvimento agropecuário, a Brasil Agro é uma empresa de propriedades agrícolas, fundada em 2006. Entre seus principais produtos, estão cana de açúcar, soja, milho e algodão.

As ações estão classificadas no segmento de agricultura do Consumo Não Cíclico e são negociadas pelo ticker AGRO3.

5. Klabin

A Klabin é uma produtora e exportadora de papéis e cartões, embalagens e produtos relacionados. Também atua na reciclagem e em iniciativas voltadas para o reflorestamento. A companhia foi fundada em 1899.

As ações dessa empresa fazem parte do segmento de papel e celulose da classificação Materiais Básicos. Os tickers disponíveis são KLBN3, KLBN4 e KLBN11.

6. Pomifrutas

A Pomifrutas é focada no cultivo de árvores frutíferas e na comercialização e exportação de frutas. Ela existe desde 1962 e as ações da companhia são classificadas no segmento de agricultura do Consumo Não Cíclico da B3. Seu ticker é FRTA3.

7. Agrogalaxy

A Agrogalaxy é responsável pela comercialização de insumos agrícolas diversos, como fertilizantes e defensivos agrícolas. Além disso, ela vende grãos e sementes e foi fundada em 2016. Os papéis da companhia são classificados no setor de agricultura do Consumo Não Cíclico e seu ticker é AGXY3.

8. Boa Safra Sementes

A Boa Safra Sementes foi fundada em 1979 e é responsável pela produção de sementes certificadas. Além de focar em commodities, a empresa fornece sementes para gramas, flores e plantas em geral. As ações fazem parte do segmento de agricultura do Consumo Não Cíclico e têm o ticker SOJA3.

Agora que você conhece 8 entre as ações agro disponíveis na bolsa brasileira, pode considerar esse tipo de investimento. Com uma análise fundamentalista robusta das empresas, será possível concluir quais oportunidades valem a pena para o seu caso.

Se quiser contar com apoio qualificado para explorar as possibilidades do mercado, fale conosco da Manchester Investimentos e veja como podemos ajudar!

Tags: diversificação de investimentosanálise fundamentalistabolsa de valoresbolsa brasileiracarteira de açõesinvestimento em açõesagro brasil açõesempresas do agronegóciosetor do agronegócioagro no brasilmercado agroempresas do agronegócio na bolsadiversificação de investimentos;

Cadastre-se e receba mais conteúdos

Obrigado pela visita em nosso site!

Deixe suas informações nos campos abaixo para conhecer melhor o nosso trabalho de assessoria profissional, e receba um guia de investimentos gratuitamente.

fechar popup