fbpx

IPCA-15 sobe em novembro com 8 grupos em alta. Confira!

Banner_Blog_IPCA15_NOV22

Pelo segundo mês consecutivo, o IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15) sofreu inflação atingindo 0,53%, menos do que os 0,56% esperados. Com isso, a taxa dos últimos 12 meses atinge 6,17%, acumulando uma alta de 5,53% no ano.  

Apenas o grupo de Comunicação manteve-se estável, enquanto os outros oito grupos sofreram inflação, impulsionando o aumento do índice.   

Para conferir os grupos mais impactados e entender como isso afeta o seu bolso e os seus investimentos, acompanhe este texto!  

 

cheap yeezy shoes rasoio anti irritazione lsu jersey cheap yeezy shoes best jordans scaffalatura cantilever Italy ASU Jerseys vincha sexy sbelt sandalias adidas rojas hombre κρεβατια μονα με αποθηκευτικο χωρο και στρωμα vanhunks kayak mug bedrucken amazon two people fishing kayak sgrassatore chanteclair carrozzeria auto långa jeanskjolar

O que ficou mais caro para o brasileiro?  

Confira os grupos que tiveram os maiores impactos no índice neste mês, são eles:  

 

Saúde e Cuidados Pessoais (0,91%) 

Impulsionado pelos itens de cuidado pessoal, principalmente os produtos de pele (6,68%), e planos de saúde (1,21%).  

 

Alimentação e Bebidas (0,54%)  

O aumento nos preços do tomate, cebola, batata-inglesa e frutas são os que mais impactaram no índice, assim como os valores para alimentação fora do domicílio (0,40%). Por outro lado, a boa notícia é que o preço do leite longa vida (-6,28%) recuou novamente.  

 

Transportes (0,49%) 

Depois de cinco meses de queda, o combustível volta a pesar no bolso, principalmente no daqueles que abastecem com gasolina (1,67%). Enquanto viajar de carro ficou mais caro, as passagens de avião sofreram redução de preço (-9,48%). Então, pode ser uma boa hora para você garantir o voo que estava pesquisando! 

 

Vestuário (1,48%) 

Apenas joias e bijuterias não subiram de preço, em compensação, as roupas femininas (1,93%) foram as que mais impactaram a inflação do grupo. 

 

Habitação (0,48%) 

O aumento foi resultado do aluguel e da conta de energia elétrica estarem mais caras para a população neste mês. Para os moradores do Rio de Janeiro e Porto Alegre, pesou ainda mais, já que as taxas de água e esgoto também aumentaram.  

Os outros dois grupos que sofreram alta foram: Artigos de residência (0,54%) e Educação (0,05%).  

 

 

Como investir neste cenário?  

Ativos de Renda Fixa indexados à inflação, como títulos públicos, privados e bancários, proporcionam uma rentabilidade real ao investidor, ou seja, um retorno corrigido pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). 

Se o seu perfil de investidor for mais arrojado, uma exposição à renda variável surge como opção. Nesse caso, os investimentos através de ativos reais, como as ações e os Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs), são meios interessantes para discutir com o seu assessor. 

Está em busca de uma assessoria personalizada? A Manchester está ao seu lado para ajudá-lo a tomar as decisões certas. 

Com acesso a um portfólio completo de produtos do mercado, somos capazes de diversificar sua carteira, assim evitamos grandes impactos relacionados à inflação.  

Conte com a nossa experiência de mais de 55 anos no setor de investimentos e habilidade em desenvolver estratégias bem alinhadas com o perfil de cada um dos nossos clientes!   

Invista com quem entende!  

Clique aqui e converse com a gente pelo WhatsApp
 

Baixe agora o seu ebook
Previous
Next
Abra sua conta agora
Cadastre-se e receba mais conteúdos

Posts relacionados

Previdência Privada, DI, CDI, Tributação, Fundos de Investimentos, PGBL, VGBL, Plano Gerador de Benefício Livre, Vida Gerador de Benefício Livre, Regressiva e Progressiva, IR
Invista com a melhor escolha para os seus investimentos.