Abra ou transfira sua conta. Comece preenchendo os dados a seguir.
Leva poucos minutos.

    Blog

    Qual a importância da liquidez nos seus investimentos? Entenda!

    A decisão de investir seu dinheiro deve considerar suas necessidades e expectativas gerais. Afinal, os ativos financeiros tem o objetivo de ajudar a alcançar resultados de interesse. Por isso, uma das características para avaliar é a liquidez nos investimentos.

    Dependendo das suas expectativas, pode ser importante contar com investimentos mais líquidos. Em outros casos, essa questão pode não ser tão relevante. Logo, é preciso considerar quais impactos o conceito pode gerar na sua estratégia.

    Neste artigo, você saberá o que representa a liquidez e qual é a importância desse conceito para os seus aportes e para o mercado financeiro. Confira!

    O que é a liquidez nos investimentos?

    A liquidez representa a facilidade com a qual é possível transformar ativos em dinheiro. Logo, ela indica com qual rapidez pode-se converter um bem ou um investimento em recursos líquidos. Um imóvel, por exemplo, costuma ter baixa liquidez. Afinal, pode ser demorado vendê-lo.

    Já os investimentos líquidos são aqueles que são facilmente resgatados, conforme o interesse de cada investidor. Diversos ativos da renda fixa e variável se encaixam nessa definição. Por exemplo, as ações mais negociadas da bolsa têm alta liquidez.

    Já os investimentos de baixa liquidez podem ser aqueles com baixa procura ou condições específicas de resgate. Um exemplo de investimento pouco líquido é o título que não pode ser resgatado antecipadamente ou que não pode ser repassado a outra pessoa.

    Quais são os outros conceitos que compõem o tripé dos investimentos?

    Um dos motivos para considerar a liquidez é o fato de ela ser parte do conceito conhecido como tripé de investimentos. Como o nome revela, há três características fundamentais que estruturam os investimentos: a liquidez, a segurança e a rentabilidade.

    Na prática, a segurança indica o nível de risco de um ativo. Já a rentabilidade envolve a capacidade de retorno oferecida pelo investimento. Quando se fala em tripé, é importante saber que não é possível maximizar mais de dois componentes simultaneamente.

    Então um investimento líquido e seguro provavelmente terá uma rentabilidade limitada. Já investimentos líquidos e rentáveis são menos seguros, como é o caso das ações. Por fim, ativos seguros e relativamente rentáveis têm menor liquidez.

    Portanto, se você priorizar a liquidez ao investir, convém saber que será necessário abrir mão da segurança ou do retorno. Desse modo, conhecer essa teoria pode ajudá-lo na tomada de decisão.

    Por que avaliar a liquidez ao investir?

    Considerando que a liquidez influencia nos resultados que são obtidos e no seu acesso ao dinheiro, é importante avaliar essa característica na escolha de ativos. Caso você vá precisar do dinheiro antes do vencimento do investimento, é melhor buscar uma opção líquida.

    Isso depende dos seus objetivos. Por exemplo, investir a reserva de emergência é um intuito que demanda alta liquidez. Afinal, um imprevisto pode acontecer a qualquer momento. Não é possível estabelecer prazos para emergências.

    Por outro lado, quando o acesso rápido não é fundamental, abrir mão da liquidez pode ajudá-lo a ter mais retorno. Então essa é uma característica que pode ajudar a centralizar as decisões sobre a sua carteira, facilitando as escolhas.

    Assim, o ideal é alinhar prazos de objetivos à performance de liquidez. Ao fazer isso, você se protege da impossibilidade de resgate e, ao mesmo tempo, fica mais próximo de suas metas pessoais e pode aproveitar o longo prazo com investimentos menos líquidos, se for o caso.

    Como medir a liquidez de um investimento?

    Como visto, a liquidez dos investimentos afeta a composição da carteira. Então para usar esse critério é importante entender como medi-la e avaliá-la. Você pode começar verificando se o investimento apresenta liquidez diária.

    Em caso afirmativo, significa que é possível resgatar o investimento e obter os recursos no mesmo dia ou em até um dia útil. Isso é comum na renda fixa. Já para investimentos da bolsa de valores, o prazo de liquidação pode levar alguns dias úteis.

    Mas, além dele, é preciso considerar o volume de negociação. Afinal, antes de liquidar o investimento é preciso encontrar um comprador para ele. Quanto maior for o volume, maior tende a ser a procura pelo ativo, o que favorece a conversão do investimento em bens líquidos.

    Além de avaliar a liquidez dos seus investimentos, se você aporta em ações também pode ser interessante conhecer o conceito de liquidez das empresas. Esse elemento pode fazer parte da análise fundamentalista para entender a situação financeira da companhia.

    Na hora de conhecer a estrutura da empresa, um dos pontos para avaliar é o índice ou grau de liquidez. Ele aponta a capacidade dela de cumprir com suas dívidas no curto prazo, o que pode indicar uma situação financeira mais saudável.

    Como o planejamento pode ajudar no sucesso dos investimentos?

    Até aqui você viu que a liquidez é um dos critérios mais importantes para a tomada de decisão sobre os investimentos. Porém, ela não deve ser o único elemento para considerar e montar uma estratégia completa.

    É preciso saber avaliar o tripé de investimentos e, principalmente, considerar os aspectos relacionados à sua estratégia. Só assim você saberá, por exemplo, se precisa escolher um investimento líquido ou não.

    Isso depende do papel que cada investimento tem nas suas metas pessoais. Logo, é essencial elaborar um planejamento completo. Com um plano robusto, é possível tomar decisões que estejam alinhadas ao seu perfil de investidor, aos objetivos e aos prazos.

    Mais do que apenas ter facilidade de resgatar o dinheiro, você deve determinar o que faz sentido para cada momento da sua vida e para cada interesse. Desse modo, é possível utilizar os investimentos como meios de alcançar resultados — e não como o fim.

    Como você acompanhou, a liquidez nos investimentos pode ser fundamental em certos casos, especialmente na necessidade de resgates antecipados. Porém, esse não é o único critério a considerar. Portanto, avalie sua estratégia de modo completo!

    Quer ter ajuda para entender a liquidez no mercado e fazer escolhas mais alinhadas com suas metas e seus objetivos financeiros? Fale conosco da Manchester Investimentos e conte com a nossa assessoria!

    Tags: Liquidez diáriagrau de liquidezliquidez e rentabilidadeanálise de liquidezo que é liquidezindice de liquidezmontante financeiroinvestimento com liquidez diáriaresgatar dinheiroinvestimento líquidocarteira de investimento ;

    Cadastre-se e receba mais conteúdos

      Obrigado pela visita em nosso site!

      Deixe suas informações nos campos abaixo para conhecer melhor o nosso trabalho de assessoria profissional, e receba um guia de investimentos gratuitamente.

      fechar popup

        Já sou cliente Manchester