Abra ou transfira sua conta. Comece preenchendo os dados a seguir.
Leva poucos minutos.

    Blog

    O que é patrimônio líquido e como aumentar o seu investindo?

    Ter uma vida financeira organizada é um passo importante para quem deseja começar a investir. Nesse sentido, é válido conhecer alguns indicadores financeiros usados no mundo empresarial — e que também podem ser aplicados no campo pessoal. Entre eles, vale saber o que é patrimônio líquido (PL).

    Ao conhecê-lo, você terá mais elementos para avaliar uma empresa e ampliará a percepção sobre as suas finanças. Assim, esse entendimento pode ser útil no momento de investir e tomar decisões no mercado de investimentos.

    Ficou interessado no assunto? Então veja neste artigo o que é o patrimônio líquido, seu funcionamento e como aumentar o seu patrimônio por meio dos investimentos.

    Boa leitura!

    O que é o patrimônio líquido?

    No mercado financeiro, o patrimônio líquido (PL) é um indicador fundamentalista que revela a situação dos bens, direitos e passivos de uma empresa. Ou seja, ele permite avaliar os fundamentos da companhia para conhecer o seu real patrimônio.

    Isso porque é comum observar, no balanço patrimonial de uma companhia, um alto faturamento e se interessar em investir nela apenas por esse motivo. Porém, nem sempre uma grande entrada de receitas significa que o empreendimento possui um patrimônio robusto. Tampouco é sinal de uma boa saúde financeira.

    Afinal, um negócio pode ter obrigações que comprometem parte de suas receitas, como dívidas, impostos, empréstimos, insumos, folha de pagamento, entre outros. Portanto, o investidor também precisa ficar atento a esses pontos antes de decidir fazer seu aporte.

    Logo, o PL é uma ferramenta bastante útil nesse tipo de análise. A razão disso é que ele considera a diferença entre os ativos e passivos da companhia para chegar ao seu patrimônio líquido.

    Junto de outros indicadores, portanto, o PL pode ajudá-lo a tomar decisões mais embasadas ao investir em empresas mais sólidas listadas em bolsa de valores, por exemplo.

    Contudo, embora o indicador seja bastante usado na avaliação de negócios, ele também é aplicável no momento de saber o PL de uma pessoa física — como você verá adiante.

    Como calcular o PL?

    Como você aprendeu, o PL é calculado com base na diferença entre ativos e passivos que uma empresa ou pessoa física possui. Ou seja, basta subtrair o total de ativos pelo total de passivos. Contudo, dificilmente será possível fazer esse cálculo sem a compreensão desses termos.

    Confira o significado de cada um deles:

    Ativos

    Considera-se como ativo todos os bens, receitas ou direitos que podem ser convertidos em dinheiro. Nesse contexto, encaixam-se as posses e propriedades que a pessoa ou empresa tenha, bem como aquilo que tem possibilidade de gerar renda.

    Por exemplo:

    Imóveis;

    Veículos;

    Equipamentos;

    Investimentos;

    Dinheiro disponível em caixa;

    Dntre outros.

    Passivos

    No contexto de passivo se enquadram todos os compromissos financeiros e obrigações da pessoa ou empresa. Ao contrário do ativo, o termo representa tudo aquilo que pode diminuir a sua renda ao longo do tempo.

    Entre eles, estão:

    Saldo devedor de empréstimos;

    Contas a vencer;

    Dívidas em atraso;

    Impostos;

    Aluguéis;

    e muito mais.

    Qual é a importância do patrimônio líquido para a sua vida financeira?

    Agora que você aprendeu o que é e como calcular o PL, é hora de entender a importância desse indicador para a sua vida financeira. Afinal, conhecer o seu patrimônio líquido pode trazer diversas vantagens, como:

    Ajuda na organização financeira

    Como você viu, a organização financeira é importante para o investidor. E o PL pode ajudar na estruturação das suas finanças. Afinal, ele traz clareza acerca do que você tem e pode investir e daquilo que deve ser reservado para quitar as suas despesas.

    Ao calcular o PL frequentemente, você consegue elaborar um histórico da sua evolução patrimonial. Nesse sentido, é possível conhecer as estratégias que estão dando certo e aquelas que precisam ser revistas para atingir os seus objetivos financeiros no futuro.

    Facilita o preenchimento do Imposto de Renda

    Uma rotina presente na vida de muitos investidores é o preenchimento da declaração de Imposto de Renda (IR). O processo é especialmente relevante para quem investe na bolsa de valores, pois a entrega do documento se torna obrigatória. Nesse caso, você precisará apresentar o seu saldo total de bens do ano anterior ao do exercício.

    Logo, ao calcular o seu PL, todos os seus ativos e passivos já estarão organizados, facilitando o preenchimento da declaração. Declarar IR anualmente é outra forma de acompanhar a sua evolução patrimonial no decorrer do tempo.

    Aumenta a sua educação financeira

    Entender se você tem mais passivos ou ativos contribui para melhorar a sua situação financeira. Afinal, esse controle pode ajudar a desenvolver a sua educação financeira — elevando seus conhecimentos sobre finanças e investimentos.

    Com isso, a tendência é que você passe a economizar mais, evite fazer dívidas e, até mesmo, amplie a frequência dos seus aportes — aumentando sua carteira de investimentos e permitindo uma construção de patrimônio mais célere.

    Como aumentar o patrimônio líquido fazendo investimentos?

    Até aqui, você conheceu o conceito e a importância de usar o PL no contexto das finanças pessoais. Porém, também é preciso aprender como aumentar o seu patrimônio líquido. Como você viu, uma das melhores formas de alcançar esse objetivo é por meio dos investimentos.

    Ao investir, você faz o seu capital trabalhar para você. E, a partir da acumulação de patrimônio e da rentabilidade obtida, será possível atingir seus objetivos de curto, médio ou longo prazo. Isso pode incluir, por exemplo, construir a sua independência financeira e viver exclusivamente de renda passiva no futuro.

    No entanto, não basta fazer um único aporte e aguardar que ele traga os resultados desejados. Ao contrário, é necessário criar uma rotina e manter a regularidade nos aportes, de modo que seu capital cresça ao longo do tempo — e renda cada vez mais.

    Nesse ponto, também é preciso ter atenção à escolha dos investimentos. Afinal, a composição da sua carteira tem um peso importante no processo de construção de patrimônio. Caso você invista em apenas uma alternativa do mercado, por exemplo, os seus ganhos dependerão exclusivamente da performance dela.

    Essa decisão limitará os seus ganhos, bem como aumentará o risco de sua carteira. Afinal, se o investimento não tiver um bom desempenho, o seu patrimônio pode estar em risco. Por esse motivo, é pertinente considerar a diversificação do seu portfólio — compondo a carteira com investimentos de diferentes tipos, setores, classes e níveis de riscos.

    Depois de conhecer o que é patrimônio líquido, não deixe de considerar esse indicador em sua organização financeira e planejamento pessoal. Assim, você consegue ampliar seus aportes mensais e elevar as chances de atingir seus planos e sonhos futuros.

    Precisa de ajuda para começar a investir? Entre em contato com um de nossos assessores e aprenda mais sobre o mercado!

    Tags: investir em açõesanálise fundamentalistabolsa de valorespatrimônio líquidoindicadores financeirosindicador fundamentalistabalanço patrimonialindicadores fundamentalistas de açõespatrimônio líquido como calcularfundamentos da empresapatrimônio pessoalo que é PLPL de uma açãoaumentar o PL;

    Cadastre-se e receba mais conteúdos

      Obrigado pela visita em nosso site!

      Deixe suas informações nos campos abaixo para conhecer melhor o nosso trabalho de assessoria profissional, e receba um guia de investimentos gratuitamente.

      fechar popup

        Já sou cliente Manchester